rogeriomarquescosta-versoseprosa
Só quem ama, vive o verdadeiro amor.
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
PÉS NO CHÃO
Neste momento em que toda a humanidade se isola, e, ao mesmo tempo, se ajoelha diante da Soberania Divina. Parece ter sido preciso uma pandemia, nunca vista antes, para que pudéssemos refletir um pouco da destruição deixada no Planeta. É momento de refletir os nossos erros e buscar uma refletição profunda e mais diálogo. Aqui uma poesia que fala deste Jesus Cristo, crucificado e morto para salvação da humanidade. 



PÉS NO CHÃO


Quem tu és a entrar na lira?
De pés devassados* no chão.
Como quem à vida, delira,
Pobre e grande no coração.


A vagar por caminhos longos,
a curvar às poeiras da estrada.
E somente seguir um só rumo,
pela vida e pela encruzilhada.


Estas mãos tão calejadas
vão carregar a pesada cruz,
pr’á fazer uma longa caminhada
diante de um flux de luz.


Tu é que vagas os corações,
deixas leves mensagens.
Tu é que trazes muitas emoções
por esta longa viagem!


Teu espírito belo e jovial
comove todos os amores.
Tu lutas contra o mal,
para colher aroma das flores.


Tu és exemplo na vida.
Tu és beleza do amor.
Foste a alegria esquecida
e os momentos de calor!



Teu nome é belo, é amor!
Tu fazes clarear a Paz,
no meio de tanto pavor.
Teu grito é audaz.


Tu és um flux de luz,
como alguém do Sol.
És o jovem Jesus
a ouvir o rouxinol! ...
(*) Devassados: escancarados, processados.



(*) Publicada no Livro Ecos do Tempo, pela Recanto das Letras Editora, que pode ser adquirida diretamente do site:

www.rogeriomarquescosta.com.br
ROGERIO MARQUES SEQUEIRA COSTA
Enviado por ROGERIO MARQUES SEQUEIRA COSTA em 10/04/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários