rogeriomarquescosta-versoseprosa
Só quem ama, vive o verdadeiro amor.
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
MOÇÃO DE APLAUSOS - DISCURSO DE AGRADECIMENTO



DISCURSO DE AGRADECIMENTO

Ilmo. Sr Presidente da Câmara Municipal, Luciano, a quem saúdo todos os demais edis desta Casa Legislativa.
Municípes presentes e internautas que nos assistem.

É com enorme alegria que, em nome da União Brasileira dos Trovadores, Seção de Itaocara, inclino-me nesta tribuna para agradecer a Moção de aplausos recebida, por indicação do Vereador Rafael Ferreira Figueira, na sessão ordinária da Câmara Municipal, em 23.11.2021.

Revistando nossa cidade, em cada canto, e, aqui assisto há 23 anos, digo-lhe que estamos diante de um Livro aberto de conhecimentos históricos, geográficos, científicos, filosóficos, místicos e metafísicos, e, não podendo deixar de lado uma repaginada literária.
Vejam, senhores, num rápido passeio pelo Centro de Itaocara, sentido rio acima, a partir da Praça Toledo Piza, um ilustre itaocarense, magistrador, historiador, pesquisador e escritor. Nesta praça, percebe-se o busto do ilustre, ao lado de monumentos que representam a mitologia greco-romana, há também espaços de uma arquitetura gótica com simbolismo do Positivismo de Augusto Comte, nas figuras de leões (símbolos do poder e da liberdade) e símbolos das ordens iniciáticas. Há outro monumento de ficção científica (Túnel do Tempo). Há grutas e simbologias cristãs. Outra representação do Teatro, notadamente o teatro de Arena, nos moldes da Grécia (a Concha Acústica). Na música, símbolo e busto em homenagem ao flautista itaocara, Patápio Silva. Do outro lado, um personagem bíblico, no Monumento do Moisés. A Praça da Matemática criada em 1941 por Malba Tahan, e, porque não, permita-me sugerir, a atualização desta Praça, com figuras da Física Quântica. Do outro, um Parque infantil, tudo bem desenhado, às margens do Rio Paraíba do Sul.
Temos uma orla incrível.... Segue-se, rio acima, à Praça da Geografia, atualmente restaurada. Monumentos ainda da mitologia grega (Diana Caçadora), do budismo, do cristianismo (atualíssima Praça Adão e Eva). Uma cidade repaginada.
Sentimos ainda mais honrados por fazer de uma página cultura, trazendo a literatura, na qual se encontra a nova Praça dos Poetas, com alocação de azulejos de Trovas. Os agradecimentos ao Prefeito Municipal e toda a sua equipe por nos permitir ingressar nesta história.
Afinal, o que é Trova? “A Trova Literária é um dos subtipos do gênero poético e seu cultivo e divulgação no Brasil vem sendo estruturado pela União Brasileira dos Trovadores, sucessora do antigo GBT (Grêmio Brasileiro de Trovadores), através de memoráveis poetas, como Luiz Otávio e J G de Araújo Jorge, levantaram a Bandeira do Trovismo, sendo a cidade de Nova Friburgo, uma das mais importantes neste movimento trovadoresco.
Trova é um poema de uma só estrofe, sem título, com sete sílabas tônicas, cujos versos rimam o 1º com o 3º e o 2º com 4º (ABAB) e que tem sentido completo.
Ao lado do Rotary Club, vem conduzindo a representação da UBT em Itaocara, tendo sido realizado Concursos de Trovas em 2006, 2018 (Jogos Florais), 2019 (Jogos Florais, com eleição da Musa dos Trovadores, 2020 (Concurso) e 2021 (Concurso). Nestes últimos dois anos, os eventos se restringiram em formato on line, em face da famigerada pandemia que nos assola.
Algumas trovas premiadas nos eventos citados estão inscritas nos azulejos que constituem a novíssima Praça do Poeta Trovador, em frente ao Palco de Evento. (Permitam-me, senhores, a denominação daquele logradouro foi intitulada por mim).


Algumas trovas antológicas:

Tudo é trova: a flor, a onda,
a nuvem, que passa ao léu ...
E a lua ... trova redonda
que a noite canta ao céu!
(JG de Araújo Jorge)

Oh linda trova perfeita
que nos dá tanto prazer...
Tão fácil depois de feita,
tão difícil de fazer ...
Ademar Tavares

O poeta é um fingidor
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente!
Fernando Pessoa


Mãos côncavas de quem pede.
Mãos convexas de quem dá:
O medo que se tem é de
saber o que nelas há...
Guilherme de Almeida

Barreto Coutinho: Mãe....

De: Rogério Marques Sequeira Costa, abaixo:

Meus amigos, tudo é festa,
com carinho e emoção.
A trova se faz digesta,
é saudável ao coração.


Itaocara, posto à prova
dos teus filhos, gratidão!
Aqui é berço da trova
escrita com emoção.

Humor:
Dizem que a urna é engodo,
mas quem fala se atrapalha.
Voto útil não é lodo,
nela ganhou sem bandalha.

Tomei a Santa Vacina
que veio Pfizer de conta,
mesmo que seja da China,
quero sair desta monta.
ROGERIO MARQUES SEQUEIRA COSTA
Enviado por ROGERIO MARQUES SEQUEIRA COSTA em 23/11/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários